• Mad Itu
  • Marlova Tonial
  • Kosmetika

17 de novembro de 2020

A pandemia do Covid-19 nos trouxe uma certeza: a de que não temos controle sobre todas as coisas. O impacto dessa nova realidade é sentido em muitos âmbitos, não apenas na economia, mas também na educação, nas relações, e principalmente na saúde da população.
Estamos vivendo um “novo normal”, entendido como uma nova forma de viver, com mudanças de hábitos e rotinas, a fim de garantir a segurança e sobrevivência das pessoas.
A insegurança diante do cenário atual contribuiu para o aumento de casos de ansiedade, depressão e outras questões psíquicas. O medo se faz presente em situações como a que estamos enfrentando, de incertezas e de pouco controle. Medo do contágio, de perder pessoas queridas, de perder o trabalho, enfim, são muitas as situações que podem trazer essa emoção, que é natural, mas quando excessiva pode prejudicar o equilíbrio emocional.
Mais do que nunca é fundamental pensarmos sobre saúde mental, que em outras palavras significa refletir sobre a qualidade de vida e a capacidade de equilíbrio e resiliência do indivíduo diante das adversidades. A saúde mental é algo que merece atenção e que precisamos cuidar, tanto quanto cuidamos do corpo quando algo não vai bem.
Como cuidar da saúde mental? Cuidando de si mesmo, realizando atividades prazerosas, tais como exercícios físicos ou outras atividades de interesse; separando um tempo para “se conectar” consigo mesmo.
Também é importante dividir as preocupações, sejam quais forem, afinal guardar tudo para si acaba sobrecarregando. Em alguns casos é preciso buscar auxílio profissional, alguém que, com uma escuta especializada poderá ajudar a aliviar o peso e tornar o momento mais leve.

Psicóloga Deise Mohr – CRP 07/32714
Atende crianças, adolescentes, adultos e idosos.
Contatos: (51) 98124.7139 deisemohr@gmail.com