• Marlova
  • Enzilab
  • Mad Itu

18 de janeiro de 2021

A drenagem linfática consiste em uma massagem com movimentos suaves, mantidas num ritmo lento, para evitar o rompimento dos vasos linfáticos e tem como objetivo estimular e facilitar a passagem da linfa pelo sistema circulatório.
A linfa é um líquido que circula no corpo limpando o sangue de impurezas, desempenhando o seu papel imunitário juntamente com os anticorpos do sangue mas que pode estar presente entre as células, causando inchaço e dor, em alguns casos.
Segundo Marlova Tonial, especialista em Estética Corporal, os principais benefícios da drenagem linfática são:

– Combater o inchaço e a retenção de líquidos;
– Ajudar no combate à celulite;
-Ajudar na recuperação de lesões
musculares e articulares;
– Colaborar na cicatrização dos tecidos;
– Prevenir aderências cicatriciais
após a cirurgia plástica;
– Reduzir os hematomas;
– Melhorar a circulação sanguínea,
venosa e linfática;
– Oxigenar os tecidos de
forma mais adequada;
– Colaborar para a eliminação
das toxinas do corpo;
– Melhorar a auto-estima e
consequentemente a qualidade de vida.

A drenagem linfática deve ser aplicada por profissional competente que utiliza as técnicas corretamente. As manobras que podem ser usadas incluem movimentos circulatórios com os dedos, círculos com o polegar, pressão e deslizamento em forma de bracelete, ou movimento de bombeamento.
Pode ser feita em todo corpo, ou somente numa área de tratamento, dependendo da necessidade que a pessoa apresenta.
Indicações e contraindicações da drenagem linfática
A drenagem linfática manual pode ser útil para eliminar qualquer tipo de inchaço no rosto ou no corpo que podem surgir nas mais variadas situações. Quando a técnica é realizada com precisão, consegue eliminar o excesso de líquido que evidencia o inchaço, devolvendo-o para a corrente sanguínea, que após ser filtrado através dos rins, pode ser eliminado em forma de urina.